Claro, Embratel, Ericsson e Qualcomm batem recorde na América Latina com uplink de 700 Mbps em 5G

 25 total views

A ClaroEmbratel, Ericsson e Qualcomm alcançou a maior taxa de uplink de pico da América Latina em uma rede comercial durante uma demonstração ao vivo em São Paulo ao atingir o marco de cerca de 700 Mbps.

De acordo com as empresas, foram utilizados no teste o espectro comercial da Claro habilitado pela Embratel, equipamentos Ericsson com suporte New Radio – Dual Connectivity (NR-DC) e um smartphone de teste com o modem Snapdragon X65 5G.

A combinação de espectro para a demonstração envolveu as bandas de banda média e banda alta (ondas milimétricas) da Claro. Quatro componentes de 100 MHz de 26 GHz foram integrados, juntamente com os 100 MHz da operadora em 3,5 GHz.

A taxa de pico de uplink próximo a 700 Mbps equivale a mais de vinte vezes os valores trafegados nas redes atuais. Isso é particularmente importante para dar suporte a aplicativos e serviços que envolvem o upload de grandes quantidades de dados.

Além do recorde de uplink, a demonstração em tempo real também obteve bons resultados de downlink, atingindo 3,3 Gbps e uma latência baixíssima de 8 milissegundos (ms). As redes 4G têm uma latência de cerca de 30 milissegundos no Brasil.

“Os importantes resultados desta demonstração, com baixíssima latência e alta velocidade de transmissão de dados, mostram como temos inúmeras oportunidades para viabilizar aplicações 5G em diversas áreas do mercado corporativo, que exigem precisão e segurança”, disse o Diretor Executivo de Marketing e Embratel Negócios, Marcello Miguel.

E você, já testou a rede 5G? Conte-nos nos comentários abaixo!