Oficial do Redmi Note 12, Samsung pode desistir do Exynos 2300 e mais | planta TC

 21 total views

Chegou a hora de você conferir tudo o que rolou no universo da tecnologia em mais uma edição do Duty TC. Se você perdeu alguma notícia, não teve tempo de ler ou está procurando ter um “resumo” da semana, é só rolar a página para baixo para ficar bem informado.

Na edição desta semana temos o lançamento do Huawei Pocket S e também da linha Redmi Note 12 no mercado chinês. Além disso, foram revelados mais detalhes sobre a gama Xiaomi 13 Pro, enquanto se espera que o iPhone SE tenha um novo design e ecrã mais pequeno.

Por fim, também temos o Galaxy S23 Plus passando pelo Geekbench e a Samsung podendo desistir do Exynos 2300. Quer ficar bem informado? Então confira abaixo!



Galaxy S23: Todas as unidades devem ter chipset Snapdragon 8 Gen 2





Samsung
04 de novembro




Huawei bolso S





economia e mercado
03 de novembro


Samsung pode adicionar slot S Pen ao próximo Galaxy Z Fold



Segundo rumores, a Samsung quer estender ainda mais o visual premium do Galaxy Z Fold 5, lançando o dobrável com um slot dedicado para caneta S Pen.

Segundo fontes coreanas, uma reunião do departamento de smartphones da empresa já confirmou a mudança de hardware, algo que deve fazer com que o próximo Z Fold se torne um ótimo smartphone para produtividade.

Outros tópicos estudados pela empresa incluem a diminuição do tamanho e peso dos dispositivos dobráveis, além de buscar formas de reduzir o vinco da tela e aumentar a durabilidade.

Vale lembrar que tudo ainda permanece no campo dos rumores.

Huawei Pocket S anunciado com Snapdragon 778G e preço mais acessível



O Huawei Pocket S foi anunciado oficialmente esta quinta-feira. O dobrável segue o mesmo design do P50 Pocket e possui hardware simplificado para garantir uma boa relação custo-benefício.

O novo dispositivo mantém a tela OLED de 6,9 ​​polegadas e suporte para taxa de atualização de 120 Hz. A principal mudança está na troca do processador Snapdragon 888 pelo 778G.

Claro que ambos suportam apenas a conexão 4G, mas a mudança já garante um preço mais acessível. No departamento de câmeras, temos a lente principal de 40 MP, o sensor ultrawide de 13 MP e a substituição da lente de 32 MP por uma unidade de foco a laser dedicada.

Por fim, há uma tela externa de 1 polegada para ver a hora e as notificações, uma bateria de 4.000 mAh e HarmonyOS 3.0 como sistema operacional. O preço é de aproximadamente 6.000 yuans, cerca de R$ 4.200.

Xiaomi 13 Pro pode ter sensor de 1 polegada e Snapdragon 8 Gen 2



Em um relatório publicado no último final de semana, novas informações sobre o Xiaomi 13 Pro foram reveladas por dois leakers. Essas fontes na cadeia de suprimentos da fabricante chinesa confirmam que a tela do aparelho será produzida pela Samsung.

O painel E6 AMOLED terá 6,7 polegadas e deverá suportar a tecnologia LTPO para uma taxa de até 120 Hz, enquanto o processador será o Snapdragon 8 Gen 2. O chipset deve trabalhar em conjunto com até 12 GB de RAM e até 512 GB de armazenamento interno. .

No conjunto traseiro de câmeras há um sensor principal de 50 MP e tudo indica que é o Sony IMX989 de 1 polegada. A ultrawide de 50 MP e a telefoto de 50 MP completam o conjunto. Para selfies, o smartphone terá 32 MP dentro de um furo centralizado.

Todas as câmeras do Xiaomi 13 Pro devem ter certificação Leica para garantir bons registros fotográficos e a bateria do aparelho será de 4.800 mAh.

Por fim, há carregamento rápido de 120W e Android 13 rodando sob o MIUI 14. Quanto ao lançamento, pode acontecer antes do final do ano.

Phil Spencer confirma que assinantes do Xbox Game Pass estão



Em uma entrevista publicada recentemente, Phil Spencer, CEO da Microsoft Gaming e chefe do Xbox, revelou que o serviço de assinatura de jogos da empresa está desacelerando.

O executivo foi sincero e revelou que acredita que o número atual de assinantes do Xbox Game Pass atingiu um impasse e o crescimento agora está diminuindo nos consoles.

Por outro lado, Spencer acrescenta que o movimento inverso está acontecendo nos PCs e isso pode equilibrar uma possível queda repentina na taxa de assinaturas no console.

iPhone SE pode ter design do iPhone XR, mas com tela menor



De acordo com novas informações da cadeia de suprimentos da Apple, o próximo iPhone SE pode até adotar o mesmo design do iPhone XR, mas isso não será automático.

Isso porque essas fontes relatam que a Apple ainda está estudando o tamanho da tela que será alocada ao aparelho. Assim, há chances de que o smartphone chegue ao mercado com tela IPS LCD entre 5,7 e 6,1 polegadas.

A Apple consultou dois fornecedores em busca do melhor painel e também do menor preço.

Outro destaque que merece ser mencionado é que há chances de o iPhone SE 2023 ser anunciado com tecnologia OLED, mas isso vai depender muito do preço final do painel oferecido pelas fabricantes chinesas.

Quanto às demais especificações, o iPhone SE 2023 pode ser anunciado com leitor de impressão digital na lateral, processador Apple A15 Bionic e até cinco opções de cores, mas ainda pode ter a desatualizada porta Lightning. Como de costume, a Apple ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Galaxy S23 Plus passa Geekbench e Samsung pode ter desistido do Exynos 2300



A Samsung pode ter desistido do Exynos 2300 para sempre. Isso porque o Galaxy S23 Pro e outros modelos já passaram nos testes de benchmark com o Snapdragon 8 Gen 2, enquanto fontes coreanas afirmam que o desenvolvimento do chipset proprietário da empresa simplesmente parou.

Com isso, podemos dizer que apenas modelos com Snapdragon 8 Gen 2 serão vendidos mundialmente, algo que representa uma derrota para o setor de processadores da Samsung.

Para quem não lembra, há uma disputa interna entre departamentos coreanos e, aparentemente, o departamento de smartphones ganhou o departamento de semicondutores.

Linha Redmi Note 12 lançada na China e já recebe certificação global



A linha Redmi Note 12 foi lançada e já está recebendo diversas certificações ao redor do mundo. Falando um pouco mais sobre smartphones, o Redmi Note 12 5G é o mais acessível porque custa aproximadamente R$ 880 em conversão direta. Ele tem Snapdragon 4 Gen 1, tela OLED de 6,67 polegadas com taxa de 120 Hz, câmera principal de 48 MP, além de bateria de 5.000 mAh com carregamento de 33W.

Por outro lado, temos o Note 12 Pro e o Note 12 Pro Plus compartilhando a maioria das especificações técnicas. Eles herdam a tela do modelo básico, são os primeiros a usar o chipset Dimensity 1080 da MediaTek e o Pro possui uma câmera principal de 50 MP.

A variante Pro Plus se destaca por adotar o sensor principal de 200 MP da Samsung. Ambos ainda contam com bateria de 5.000 mAh, mas o Note 12 Pro tem carregamento de 67W, enquanto o Pro Plus chega a 120W.

Por fim, o Redmi Note 12 Explorer adota carregamento rápido de 210W para uma bateria de 4.300 mAh, enquanto o restante das especificações – incluindo a câmera de 200 MP – são reciclados do Note 12 Pro Plus.

Os preços desses aparelhos começam em R$ 1.300, passam de R$ 1.500 para o Note 12 Pro Plus e chegam a R$ 1.700 para o modelo Explorer. Lembrando que todos os valores estão em conversão direta e sem considerar os impostos brasileiros.