Marvel’s Spider-Man: Miles Morales traz melhorias gráficas para PC | Análise / Revisão

 88 total views

Mais um jogo que antes era exclusivo do PlayStation agora chega aos PCs. Homem-Aranha da Marvel: Miles Morales chega aos computadores nesta sexta-feira (18) e busca trazer melhorias em relação à versão original para consoles da Sony.

O que há de novo nesta versão do jogo para uma nova plataforma? O TudoCelular testou o jogo e conta agora os detalhes.

história



A trama não recebeu nenhum tipo de modificação em relação ao que encontramos nos consoles. Centra-se na história de Miles Morales, que está aprendendo a utilizar seus poderes recém-adquiridos.

Para isso, ele terá como “mestre” o Homem-Aranha original, Peter Parker, que o ajudará no primeiro momento a detalhar como funcionam as habilidades – período em que retratamos no vídeo do gameplay.

A história solo de Miles Morales ocorre após a luta contra Rhino e outros bandidos. Parker precisa fazer uma viagem e deixa o novo herói encarregado de cuidar da cidade. A partir daí, o jovem começa a aparecer com protagonismo nas ações.

O homem Aranha começa a solucionar os crimes da cidade com a ajuda de um aplicativo criado por seu ajudante e amigo, Ganke Lee, e terá que acabar com os problemas gerados pelos terroristas do Underground e pela megacorporação Roxxon.

A trama é dividida entre cenas e momentos de ação. O jogador pode escolher qual parte deseja priorizar ao longo da campanha. O jogo também tem localização em português brasileiro (PT-BR), não só nas legendas, mas também na dublagem.

Mecânica de jogo e experiência



A jogabilidade também não mudou do console para o PC e mostra um avanço evolutivo na complexidade dos movimentos. Você começa com movimentos mais simples, como ataques físicos, usando a teia para se aproximar de um inimigo ou prendendo-o na parede. À medida que você completa missões, ataques mais difíceis podem ser desencadeados.

Na parte de defesa, é uma parte mais fácil, mas que se integra a um elemento importante no contexto do herói: o “sentido aranha”. Ele aparece como um alerta na cabeça, que indica quando um golpe ou tiro está próximo de ocorrer contra Morales, para que você possa se esquivar antes de ser atingido.

Enquanto luta contra uma série de adversários, uma barra de energia vai se enchendo, até que seja possível realizar uma “finalização”, ou seja, um ataque especial que vem acompanhado de alguma animação.

Há também outras habilidades que o personagem ganha nas lutas, como o poder Venom, para paralisar inimigos e facilitar combos, e a invisibilidade, voltada para ações furtivas em missões.

O que há de novo para PC



Temos uma série de melhorias de consoles para PC, semelhantes ao título Homem-Aranha da Marvel Remasterizado, focado nos gráficos do jogo. A principal delas é a inclusão de novas tecnologias, como o Ray Tracing.

No caso deste, é bem perceptível o realismo aplicado especialmente em cenários com sombras e reflexos. A tecnologia é aplicada em sua capacidade total e permite uma melhoria significativa na aparência.

Outro ponto importante são os recursos para melhorar a fluidez e as texturas, como DLSS e DLAA – ambos da NVIDIA – além do Reflex, para diminuir a latência. Como testamos em uma máquina com hardware AMD – Ryzen 7 5800X3D e Radeon RX 6800 –, o FSR aparece como uma opção para deixar o jogo mais fluido.

Nossos testes foram em um monitor Odyssey G32 de 165 Hz, em Full HD, mas você pode jogar em 4K se tiver uma tela compatível. Foi possível explorar ao máximo o equipamento, com o jogo rodando até 165 fps sem maiores dificuldades. As oscilações foram pequenas, mas sempre acima de 100 fps.

Além disso, a versão para PC do jogo permite o uso do DualSense, o joystick do PlayStation 5. Mas uma curiosidade é a possibilidade de conectar um controle do Xbox – por ser totalmente compatível com o Windows – para jogar um título publicado pela Sony, até pouco tempo atrás exclusivo do PlayStation.



Seu PC funciona?  Homem-Aranha: Miles Morales tem data de lançamento





lançamentos
13 de outubro




Homem-Aranha da Marvel





lançamentos
10 de agosto


Considerações finais



A chegada aos PCs do game focado em Miles Morales mantém o que já era bom e acrescenta novidades, para permitir que seja aproveitado de forma mais ampla na nova plataforma.

Destacamos a história bem construída, que insere um novo personagem como o super-herói e consegue dar o contexto correto para sua introdução como o novo Homem-Aranha. Além disso, há localização completa para o Brasil, incluindo dublagem em português.

Outro ponto está na jogabilidade evolutiva. Você começa com comandos simples e fáceis de aprender, até avançar mais em habilidades complexas, que podem ser aprendidas de forma mais natural, pois você estará acostumado com as anteriores.

Na parte gráfica, estão os destaques das novidades. Aproveitar tecnologias como Ray Tracing dá ao jogador uma nova experiência, ao inserir elementos importantes para aumentar o realismo nos cenários. Isso sem falar nos recursos de expansão da taxa de quadros por segundo, que facilitam a fluidez nos movimentos e ações. cenas🇧🇷

altos requisitos

história

Uma história com bom contexto, que sabe apresentar o protagonista e “passar-lhe o bastão” do heroísmo.

jogabilidade

A jogabilidade avança gradativamente conforme as missões são cumpridas, a fim de facilitar o aprendizado, mantendo variedade de comandos.

Gráficos

Os gráficos ganharam melhorias importantes para PC, como Ray Tracing completo e tecnologias para melhorar a fluidez e as texturas.

Trilha sonora

Trilha sonora com efeitos bem ajustados e dublagem em PT-BR.

Imerso

O conjunto de mecânicas e gráficos mantém o jogador preso na história e nas ações por muito tempo.

Nota Total

Jogo muito completo e soube se adaptar ao PC com maestria.

Vale a pena?

Homem-Aranha da Marvel: Miles Morales já está disponível para venda no PC, nas plataformas Steam e Epic Games Store. Pode ser adquirido pelo preço sugerido de R$ 199,90.

Para quem já curtiu no PlayStation, vale conferir como as tecnologias de informática podem ser aplicadas ao jogo da Insomniac. Mas o mais interessante é para quem não possui um console da Sony, que agora poderá curtir o título em sua máquina, de uma forma totalmente adaptada a esta plataforma.

Quais foram suas impressões sobre o jogo Spider-Man, agora em PCs? Nos digam!

*Agradecemos ao consultor do jogo por ceder uma cópia ao TudoCelular para esta análise!