The Legend Of Zelda: Tears Of The Kingdom ganha classificação etária

 77 total views

A Gematsu revelou que o órgão de classificação etária da Coreia do Sul registrou a aguardada sequência de Breath of The Wild, The Legend of Zelda: Tears of The Kingdom.

O jogo recebeu uma classificação de 12 anos, alertando sobre conteúdo levemente violento. No entanto, isso reforça que o título não deve ser mais adiado e chegará de fato em maio de 2023.

A classificação etária não é novidade, principalmente quando lembramos que Breath of the Wild foi classificado em 10 anos pelo ESRB, órgão de jogos norte-americano. Além disso, dificilmente a Nintendo decidiu mudar o tom de um de seus maiores sucessos e inserir violência explícita e outros conteúdos adultos.

No entanto, o registro no corpo sul-coreano é um bom sinal de que The Legend Of Zelda: Tears Of The Kingdom está em fase de finalização de desenvolvimento. Embora o jogo não precise ser concluído para receber uma classificação, é um sinal de que o conteúdo foi finalizado e não haverá acréscimos, o que pode gerar conflito com a agência caso algo ultrapasse a faixa etária cadastrada.

Outro ponto positivo é o fato do jogo precisar ser classificado para que sua distribuição seja iniciada, além das propagandas. Espera-se que The Legend of Zelda: Tears of The Kingdom seja lançado em maio e o recebimento do registro seis meses antes do lançamento indica que os planos da Nintendo estão alinhados com a data de lançamento.

Apesar de ter sido anunciado em 2019, o jogo ficou desaparecido por dois anos, até que a Nintendo trouxe um trailer na E3 2021, sem revelar o nome oficial. No início de 2022, foi adiado para 2023.

The Legend Of Zelda: Tears Of The Kingdom será lançado para o Nintendo Switch em 12 de maio de 2023🇧🇷